Dieta da Proteína – Cardápio e guia completo para iniciantes

A dieta da proteína é uma grande aliada na perda de peso e manutenção de um corpo em boa forma. No entanto, deve ser feita com alguns cuidados.

Tendo como principal objetivo perder peso mantendo a saúde, bem como, garantindo que será possível manter a perda de peso conquistada.

Nós elencamos informações úteis sobre como funciona e o que é a dieta da proteína, bem como um cardápio para que possa se inspirar e começar a dieta. Possibilitando que consuma alimentos mais saudáveis em sua rotina e transforme seu corpo como resultado das mudanças nas suas escolhas.

Dieta da Proteína

Dieta da proteína: o que é e como funciona?

A dieta da proteína consiste em aumentar expressivamente o consumo de alimentos ricos em proteínas, visando diminuir o consumo de alimentos ricos em carboidratos.

Dessa forma, o organismo deixa de usar o carboidrato como fonte de energia, passando a consumir a própria gordura estocada como fonte de energia. O que contribui para uma mudança estética bastante rápida e significativa.

Outro aspecto interessante da dieta é que, consumir mais proteínas está relacionado a acelerar o metabolismo e aumentar sua saciedade.

De forma que, mesmo comendo pequenas porções você fique satisfeito, evitando consumir calorias em excesso. Portanto, o corpo se transformará em pouco tempo, trazendo resultados significativos e bem-estar.

Quais alimentos consumir na dieta da proteína?

A dieta da proteína incentiva o consumo dos seguintes alimentos como parte de sua rotina:

  • Carnes vermelhas magras, peixe, ovos, presunto e presunto de peru;
  • Azeite de oliva, linhaça e azeitonas;
  • Castanhas, nozes e amêndoas;
  • Sementes como chia, linhaça, gergelim e abobora;
  • Acelga, couve, alface, rúcula, chicória, agrião, cenoura, repolho, tomate, pepino e rabanete;
  • Leite desnatado, queijo branco e iogurte desnatado;
  • Abacate e limão.

Essa alimentação poderá ser mantida por 15 dias, dando intervalo de 3 dias de “folga” da dieta e repetindo a dieta por novos 15 dias.

Nos três dias de intervalo é indicado consumir alimentos naturais e saudáveis como:

  • Arroz integral, mandioca, batata doce, pão integral;
  • Frutas de sua preferência in natura;
  • Feijões.

Esses alimentos são saudáveis e naturais, no entanto, são fontes de carboidratos. Podendo ser consumidos durante os 3 dias de folga em porções pequenas.

Evite consumir doces, refrigerantes e bebidas alcoólicas. Mantendo esses hábitos ao longo dos 33 dias, será possível secar muitos quilos e ter uma importante mudança metabólica e de paladar.

Contribuindo para que possa transformar seu corpo e estilo de vida. Após concluir os 33 dias de alimentação mais saudável, continue procurando manter uma rotina alimentar balanceada para evitar reganho de peso.

Evite o açúcar em chás, café e bebidas em geral durante a dieta, para evitar calorias desnecessárias e carboidratos. Vale a pena, inclusive, ir diminuindo aos poucos a porção que consome para alterar o paladar para melhor.

Leia também: Dieta do carboidrato – Dieta para emagrecer e melhorar a saúde

Dieta da Proteína

Cardápio de 1 dia da dieta da proteína

Quer se inspirar para consumir uma alimentação equilibrada ao longo de um dia da dieta? Elencamos um cardápio bastante prático e saboroso de seguir!

Café da manhã

Na primeira refeição do dia consuma café com leite desnatado sem açúcar, uma fatia de abacate e 2 ovos mexidos
Ou opte pelo consumo de um iogurte desnatado com semente de linhaça e um ou dois ovos cozidos.

Almoço

No almoço, é possível fazer uma omelete de queijo e presunto, com salada de alface e tomate temperado com azeite e limão.
Outra opção é frango grelhado com salada de pepino, alface e tomate temperado com aceite e limão.

Lanche da tarde

No lanche da tarde opte por 1 iogurte desnatado com manteiga de amendoim ou suco de 1 limão com 1 ovo frito em um fio de azeite e uma fatia de presunto de peru.

Jantar

O jantar possibilita o consumo de peixe grelhado com salada à vontade de alface, tomate e temperada com azeite e limão.
Ou se preferir, faça um macarrão de abobrinha e molho de tomate natural com carne moída para fechar as refeições do dia.

Os primeiros dias da dieta da proteína

É importante destacar que, você não vai precisar passar fome na dieta da proteína para ter resultados.

No entanto, os primeiros dias costumam ser permeados pela sensação de fraqueza, que é causada pela falta dos carboidratos na rotina alimentar. Algumas pessoas relatam dores de cabeça.

O ideal é consumir no mínimo 2 litros de água, para se manter hidratado e evitar que esses efeitos sejam tão intensos.

Além disso, se manter firme em relação ao novo estilo de alimentação. Após 3 dias da dieta seu corpo estará habituado a utilizar a própria gordura como fonte de energia e isso dará clareza mental, disposição e outros inúmeros benefícios.

Furar a dieta consumindo carboidratos acaba dificultando o processo de adaptação, ocasionando mais sintomas indesejados com os quais lidar posteriormente.

Além de ser prejudicial por desacelerar a mudança corporal. Afinal, o carboidrato consumido irá atrapalhar a sua mudança, desacelerando a perda de peso.

leia também: Jejum intermitente – Passo a passo para iniciantes (EMAGREÇA COM SAÚDE!)

Como não engordar após concluir a dieta?

É importante ter o cuidado de manter a alimentação saudável durante todos os dias de sua rotina alimentar, especialmente após concluir o ciclo de 33 dias em que a dieta é feita.

Consuma alimentos naturais, em porções que sejam capazes de te saciar, dando prioridade para consumir uma alimentação bem colorida rica em legumes e vegetais. As saladas coloridas são saborosas e repletas de textura, deixando a refeição mais agradável.

Manter a prática de atividade física, a alimentação equilibrada e o consumo de bastante água ao longo do dia são hábitos que ajudam a manter o novo formato físico recém conquistado.

Sendo importante para evitar o reganho de peso que é o medo da maior parte das pessoas que conseguem eliminar vários quilos.

O reganho de peso costuma acontecer por acreditar que já conquistou o resultado desejado e isso o autoriza a voltar a consumir toda a alimentação de antes.
O ideal é não cometer esse equívoco, refrigerantes, doces, excessos de carboidratos refinados farão você voltar a engordar e ter insatisfação com seu visual.

Que tal experimentar a dieta da proteína?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.