Dieta da USP – cardápio e como funciona

Por conta do sucesso nos anos 90, a dieta da USP é procurada até hoje por vários brasileiros que buscam a perda de peso em tempo recorde, pois o cardápio promete eliminar 15 kg em 15 dias, ou seja, um quilo por dia.

Porém, como fica a sua saúde?

Dieta da USP

A dieta é baseada em gorduras, proteínas e alguns carboidratos, sendo composta basicamente por ovos, presunto e café, o que é considerado prejudicial à saúde.

Diferente das outras, a dieta da USP não permite a substituição de alimentos por outros com os mesmos tipos de nutrientes, limitando a alimentação para quem a segue. Além disso, essa dieta restringe o organismo de consumir muitas vitaminas, o que pode causar danos à saúde.

A origem da dieta sempre foi confundida com o nome da Universidade de São Paulo, porém, não se sabe quem a criou e nem o país em que foi desenvolvida.

Efeitos da dieta da USP na sua saúde

Segundo recomendações médicas, a dieta só deve ser seguida por no máximo 15 dias, pois, nesse período, o prejuízo à saúde ainda é reversível. Mas, mesmo durante esse tempo, a pessoa que faz a dieta pode sentir os seguintes efeitos colaterais:

  • cefaleia,
  • irregularidade intestinal,
  • mau hálito,
  • fadiga,
  • aumento do estresse físico e emocional,
  • fraqueza muscular,
  • dificuldades para dormir,
  • além de enfrentar o risco de ganhar todos os quilos que perdeu após parar ou interromper a dieta da USP, e causar danos para a saúde.

Muitos especialistas em saúde realizam a contraindicação da dieta, pelo fato de que ela provoca a perda de elementos essenciais para o nosso corpo, responsáveis pelo bem estar e saúde física, como: líquidos e massa muscular, ao invés de perder gordura, que no caso da dieta da USP, é o que menos se elimina.

Além disso, outros problemas de saúde podem ocorrer sem serem notados. Este é o caso do diabetes, pressão alta e colesterol, que podem ser ocasionados pela dieta.

Você pode gostar também deste artigo: Conheça 3 chás para emagrecer que vão lhe ajudar a emagrecer

DIETA DA USP

O cardápio da dieta da USP

Confira como funciona:

Dieta da usp original pdf para imprimir.

Primeiro dia

Café da Manhã:

Café preto sem açúcar. Tente tomar sem adoçante.

Almoço:

2 ovos cozidos, mexidos ou omelete e ervas aromáticas a gosto.

Jantar:

Salada de alface com pepino e salsão à vontade.

Segundo Dia

Manhã:

Café com bolacha de água e sal.

Almoço:

1 bife grande com salada de frutas a gosto.

Jantar:

Presunto à vontade.

Terceiro Dia

Manhã:

Café com bolacha de água e sal.

Almoço:

2 ovos cozidos, salada de vagem e 2 torradas.

Jantar:

Presunto e salada temperada com azeite de oliva.

Quarto Dia

Manhã:

Café com bolacha de água e sal.

Almoço:

Um ovo cozido, uma cenoura e queijo minas à vontade.

Jantar:

Salada de frutas e iogurte natural.

Quinto Dia

Manhã:

Cenoura crua espremida com limão e café sem açúcar.

Almoço:

Frango grelhado à vontade.

Jantar:

2 ovos cozidos com cenoura.

Sexto Dia

Manhã:

Café sem açúcar com bolacha de água e sal.

Almoço:

Filé de peixe com tomate à vontade.

Jantar:

Dois ovos cozidos, mexidos ou omelete com cenoura.

Sétimo Dia

Manhã:

Café sem açúcar.

Almoço:

Bife grelhado e frutas à vontade.

Jantar:

Comer o que quiser menos doces e bebidas alcoólicas.

Veja também os nossos sucos emagrecedores

Observações sobre a dieta da USP

As verduras que podem ser utilizadas na dieta são: agrião, chicória e alface, além disso, a água, o chá e o café podem ser consumidos o dia todo. Não é recomendável trocar os alimentos descritos no cardápio da dieta e nem fazer a substituição dos horários prescritos.

Essas ações podem causar a não eficácia da dieta da USP.

Quando o cardápio da dieta terminar é necessário começar novamente, seguindo a dieta da USP desde o primeiro dia até o sétimo. Assim, depois de 14 dias, você observará a perda de 14 Kg e no 15º dia estará mais magra e livre para voltar a comer normalmente o que quiser e retomar hábitos que considera bons para a sua saúde.